Escuro Leve

5 dicas para aumentar a vida útil dos computadores 1

5 dicas para aumentar a vida útil dos computadores

Alguns cuidados básicos podem prolongar a vida útil dos computadores

Imagem de Gerd Altmann por Pixabay

São pequenas práticas que podem ser realizadas por usuários de qualquer nível de conhecimento em informática e que podem ajudar a evitar prejuízos técnicos e financeiros com seus computadores. Camilo Stefanelli, responsável pela Compaq no Brasil, preparou uma lista com dicas essenciais.

  1. Evitar o uso de notebooks em superfícies inapropriadas

É comum que usuários de notebooks apoiem o equipamento em superfícies inadequadas como colo, cama ou cobertores. Esse tipo de uso obstrui as entradas e saídas de ar e causam um superaquecimento da máquina.

“Ao impedir a refrigeração correta do notebook e, consecutivamente, aumentar a temperatura interna do aparelho, o usuário está colocando em risco o funcionamento do computador a curto e longo prazo. O superaquecimento pode reduzir a vida útil dos componentes e, em casos mais críticos, até ocasionar o mau funcionamento do sistema operacional, causando lentidão ou até mesmo provocando o seu desligando repentino É recomendável que o eletrônico esteja sempre posicionado em superfícies planas e duras”, explica Camilo.

  1. Limpar regularmente o computador

Higienizar com frequência o computador é essencial para manter seu bom funcionamento – mas é preciso fazer isso da maneira certa, tomando alguns cuidados básicos. Antes de tudo, o usuário deve verificar se o aparelho está totalmente desligado e com o cabo de força fora da tomada. Feito isso, é aconselhável limpá-lo com um pano macio de modo que a poeira não seja empurrada para dentro da máquina.

Além disso, é preciso ter atenção com soluções líquidas, que podem danificar partes eletrônicas e até mesmo o acabamento do equipamento. “Não devemos borrifar produtos de limpeza ou outros líquidos diretamente em qualquer superfície do computador, já que podem danificar permanentemente os componentes internos da máquina. Também é sempre aconselhável usar produtos próprios para esse tipo de limpeza e não arriscar usar qualquer produto guardado na dispensa de casa”, alerta Camilo.

  1. Manter o antivírus atualizado

Ao contrário do que muitos pensam, não é necessário utilizar softwares de varredura para certos programas e arquivos, já que podem trazer outros potenciais riscos à máquina. Nesse caso, o recomendado é sempre utilizar um antivírus completo e atualizado.

“O antivírus pode detectar a maioria dos vírus, destruí-los e, em grande parte dos casos, reparar o dano causado. Para fornecer proteção contínua contra ameaças recentemente descobertas, o software deve estar sempre atualizado. Um programa pode vir pré-instalado no computador, mas o usuário também pode escolher o programa que já está acostumado para proteger o seu sistema”, recomenda o responsável pela Compaq no Brasil.

  1. Fazer backups periodicamente

Fazer o backup do sistema é importante e a melhor forma de evitar a perda de arquivos importantes em caso de pane na máquina. Nesse caso, o recomendado é fazer o processo periodicamente, de acordo com a frequência de uso de cada um. “Para as pessoas que raramente usam o computador, fazer uma cópia de segurança mensalmente é o suficiente. Entretanto, para quem utiliza a máquina para trabalhar ou estudar, todos os dias, é aconselhável a realização de backups, pelo menos, semanais. Além de fazer o backup físico, num HD, por exemplo, os usuários têm a opção de salvá-lo na nuvem, que é até mais seguro”, diz Camilo.

  1. Atualizar programas e ativar recursos de segurança

Manter o sistema operacional e os principais softwares atualizados também é essencial para prolongar a vida útil dos computadores, já que auxiliam na correção de problemas de segurança e a melhorar o desempenho da máquina. No caso de programas da Microsoft, por exemplo, os usuários recebem um alerta sempre que uma nova atualização está disponível. “O ideal é fazer a atualização assim que a notificação chegar”, aponta o especialista.

Outra iniciativa importante sobre segurança é ativar alguns recursos de proteção à rede Wi-Fi, já que nem todas oferecem a proteção necessária. “Se precisar viajar com o computador ou transportá-lo, o ideal é que o usuário faça um backup das informações em uma unidade de armazenamento externo e remova todos os discos e cartões de mídia acoplados, como SD cards, microSD e pendrives, por exemplos. Ao utilizar transporte aéreo, leve o aparelho como bagagem de mão e a mídia externa com o backup das informações e arquivos importantes”, finaliza Camilo.

 

Fonte: 33giga

Um comentário

Trackbacks e Pingbacks

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × cinco =

CARRINHO DE COMPRAS

close